Consegui (ou quase)

24 maio

A primeira coisa (útil) que fiz no dia foi pegar o telefone e ligar para o simpático analista nível 2. Ele não pôde atender no momento, segundo a secretária eletrônica, mas tão logo larguei o telefone ele tocou e, adivinhem quem era?, sim era o analista.

Segundo ele, há a possibilidade do notebook ser enviado sem o sistema operacional, mas não o que já cruza os oceanos esperando um dono aqui em Terra Brasilis, e sim outro. Portanto, se eu quiser um notebook sem Windows 7 terei que baixar o facho, cancelar meu pedido e aguardar o envio do novo notebook. Dado que o produto é importado, isso fica na casa dos 30 dias úteis, ou seja, um mês e meio. Tempo pra caramba.

A minha segunda reação — a primeira foi pronunciar um “cacete, melhor desistir disso” mentalmente — foi perguntar ao analista se haveria uma forma de compensar tal atraso fazendo-se uso de uma outra modalidade de envio às minhas custas mesmo. Trocando em miúdos: se tiver um frete mais rápido, talvez valha a pena pagar a diferença. O analista não sabia informar (não à tôa, o cara é analista, não oráculo), mas disse que iria falar sobre isso com a minha representante de vendas.

O assunto estaria parcialmente resolvido, não fosse o email que recebi da representante de vendas imediatamente depois, dizendo que eu deveria aguardar a entrega do notebook com Windows e negar o seu recebimento para então conseguir o notebook sem o sistema da Microsoft.

“Tá, é o preço que se paga por não querer o bicho no seu computador, e daí?”

E daí que tanto a Microsoft quanto a transportadora são parceiras da Dell, e logo a Dell possui um melhor relacionamento com elas do que com um cliente que está realizando a compra pela primeira vez. E, surpreendentemente, todo o ônus da mudança do pedido está caindo sobre os ombros do cliente.

Parece, posso estar enganado, que estão apostando pra ver se eu vou querer ficar com o equipamento devidamente janelizado quando ele chegar. Se colar, colou, mais um cliente “satisfeito” e vamos que vamos. Fica como lição que, para muitas empresas, o cliente pode até ter razão, mas que sua razão pode ser corrompida por um mês a mais sem o equipamento que lhe é necessário ou alguns sobressaltos desnecessários quando se quer fazer valer seus direitos.

Mas que fique claro a tais empresas que existem clientes que se sentem insatisfeitos quando se tenta corrompê-los.

Anúncios

13 Respostas to “Consegui (ou quase)”

  1. Alex 24 maio, 2010 às 3:38 pm #

    Tudo que você compra pelo correio, tens uma semana para devolver. Ao receber o Windows, você não pode, simplesmente, dizer que não quer o sistema operacional e que vai devolvê-lo para DELL? Caso eles não queiram receber só o Windows, fica caracterizada a venda casada e você pode ir ao PROCON. Pelo menos em minha cidade, o PROCON costuma funcionar muito bem.

    • Tadeu Martins 24 maio, 2010 às 3:43 pm #

      Segundo eles, a licença da minha cópia está atrelada à máquina, portanto não posso devolver só a licença. Tá com cheiro de enrolação, né…

      Bem, vou tentar resolver com eles antes, “civilizadamente”. Mas obviamente já cogitei levar o caso a um órgão de defesa do consumidor caso a negociação emperre.

      Obrigado pela dica!

  2. henrique 24 maio, 2010 às 4:06 pm #

    Você deveria ter procurado outros relatos na internet, para saber como agir. Para mim, você foi devidamente enrolado. Você não é obrigado a aceitar a licença do Windows, e podes pedir o reembolso, conforme escrito na própria licença.

    Minha sugestão: comprem da http://www.zareason.com, via internet. Sai o mesmo preço, pela mesma máquina, e tem garantia. O único problema é se você precisar usar a garantia, pois aí tens que mandar o computador para la.

    Mas eles vendem com Linux, e dão suporte. Fazem direito o negócio. Logo, o 1% de usuários mundiais tem que suportar que os suporta, simples assim.

    Meu próximo computador/netbook/tablet (um deles só, ;-) ), será deles, com certeza.

  3. Glauco 24 maio, 2010 às 7:00 pm #

    não possuo um Dell, mas no caso de aquisição da Megaware, o valor da devolução é de R$ 48,60… será que é isso mesmo por uma licença do W7 Starter?

  4. Glenn 24 maio, 2010 às 7:05 pm #

    Tadeu, a história com o Windows 7 é diferente. No EULA é especificado que não há reembolso do sistema operacional, portanto, terá de aceitar o bicho e vender a licença dele á quem quiser.

    A MS mudou a EULA do 7 exatamente por causa de reembolso e reclamações por parte dos fabricantes. Portanto, ao receber seu notebook, verifique se a licença já não foi aceita e registrada neste PC (o que é mais provável de acontecer) e leia a EULA.

    Infelizmente, com o Win7, o reembolso já era. A única opção é recusar o produto inteiro ou comprar sem sistema operacional.

    • Tadeu Martins 24 maio, 2010 às 7:11 pm #

      É, eu já estava ciente… Apesar de que eu encontrei uma possível brecha na licença, mas não confirmo.

      Bem, a minha esperança furada é a Dell entender que tal ação constitui em venda casada e resolver o caso pra mim sem maiores transtornos. Já disse a eles que não me incomodo por eventuais atrasos no recebimento, haja visto que o procedimento está correndo todo fora do padrão e atrasos são naturais. O que eu não tolero é justamente este comportamento “se você não quer, azar o seu” que eles assumiram até agora. Não me incomodo em cancelar a compra atual e aguardar por outro equipamento sem Windows, contanto que eles entendam que foi a obrigatoriedade da compra do notebook com o sistema operacional que está causando tais transtornos. Só desejo meu dinheiro de volta sem ser tratado como um palhaço antes de recebê-lo.

      Valeu pela dica.

  5. wille 24 maio, 2010 às 9:28 pm #

    Reembolso na Dell não é tão simples. Comprei um notebook há alguns meses. Os softwares vieram discriminados na nota fiscal. Liguei pra eles e não aceitaram me reembolsar. Daí fui no Procon. A funcionária ligou pra Dell e eles falaram que se o cliente entrar em contato com o atendimento Dell antes de fazer a compra, eles podem retirar o software.

    Confirmei que realmente dá pra retirar os softwares entrando em contato antes de comprar, porém eles não abatem o valor. Ou seja, recebendo ou não as licenças, você paga por elas! Além disso, é muito desleal não colocar a opção de retirar os softwares no site e indulzir os clientes a comprá-las.

    Acho que precisamos de uma lei que regulamente a venda de computadores e exiga que todo modelo de computador tenha pelo menos uma versão sem softwares, ou, sendo mais radical, que proíba vender computadores com softwares proprietários inclusos.

    Outro detalhe: A licença do windows 7 não dá mais aquela brecha que você usou com a lenovo. Eles mudaram a redação daquele parágrafo dizendo para o cliente “consultar a política de reembolso do fornecedor do computador”. Assim o reembolso já não é obrigatório. Ou seja, as empresas já acharam as brechas pra continuar com a venda casada.

  6. Flávio Araújo 24 maio, 2010 às 10:04 pm #

    Eu cai do cavalo e minha prima quer me matar. Convenci-a a comprar um Dell e tals pq ela nao entende nada do assunto. Comprei o note pra ela e 5 dias depois o note começou a desligar sozinho. Ela ligou e disseram: Se quiser a gente devolve a grana, trocar o note jamais. Arrumar tb sem chance.

    Ai gastaram 15 dias pra pegar o note e depois de uma semana que recolheram o note que disseram pra ela que gastaria mais 15 dias pra reembolsar – e sem garantia de comprar um outro note com mesma configuração/preço.

    Ou seja, faz mais de um mes ja que ela ta sem note, e precisando dele pra trabalhar. Depois dessa, nao recomendo a Dell a mais ninguem!!!

  7. César 25 maio, 2010 às 6:36 am #

    Achei legal sua iniciativa, mas como eu já tentei buscar meus direitos várias vezes na justiça, vejo que você só vai perder seu tempo. Acho que no final vão aceitar você devolver a licença e vão te dar um crédito de 10 reais, assim não constitui venda casada :)

    Pessoalmente eu não compro mais nada da DELL, como nosso amigo acima citou, um tempo atrás fiz meu primo comprar um Desktop deles, 1 ano e 2 meses depois queimou a placa mãe e a DELL não tem para repor, nem via importação. Fiquei indignado ? Queria matar alguém da DELL, mas quem é da DELL ? Eles existem? Só vejo o site e telefone….Resumo da história: troquei a placa, processador, memória e gabinete, e banquei uma parte pro meu primo, eita prejuízo.

    Eu não sei porque, mas os hardware de hoje estão tendendo a porcaria, tenha visto os belos pcs da IBM, aqueles duráveis HP ou até mesmo Compaq, hoje só temos esses descartáveis da DELL, Lenovo etc. É o futuro, o jeito é trocar a TV se a pilha do controle acabar.

    att

  8. Adriano 25 maio, 2010 às 10:08 am #

    Olá pessoal. O problema não é a Dell especificamente. O problema é não conseguir comprar um computador sem sistema operacional em todos os lugares onde eles são vendidos. Se você vai numa loja e compra um desktop montado você consegue só a máquina. Mas e os notebook, netbooks e desktop em outras lojas que já vêem com o sistema? O sistema deveria ser vendido separadamente, compra quem quiser. Esse é um dos pontos defendidos pelo Código de Defesa do Consumidor.
    Se você não consegue comprar um PC sem sistema são três pontos desrespeitados pela minha visão:
    1 – você não pode escolher qualquer um dos produtos(leia-se hardware) que estão à venda, fere a liberdade de escolha
    2 – se você realmente quiser o aparelho você é obrigado a comprar o sistema junto, que é a tal venda casada
    3 – se você quiser trocar ou devolver o aparelho você não pode pq a licença foi ativada(conheço pessoalmente um caso desse), fere o direito do arrependimento
    Todo o problema é a tal licença restritiva amarrada ao hardware. O Ministério Público ou o órgão competente é que deveria ver esse tipo de problema e acionar as empresas, todas elas, para que ofereçam em todos os modelos a opção de não comprar o sistema operacional, no caso das montadoras que vendem diretamente ao público como é o caso da Dell e desvincular a venda de sistemas operacionais dos PCs do varejo.
    Fiz um contato com um destes órgãos, vamos ver no que vai dar.
    Abraço e paciência!!

  9. Letícia Borazanian 25 maio, 2010 às 2:13 pm #

    Olá Tadeu, tudo bem?

    Estamos fazendo uma matéria a respeito do reembolso windows, gostaríamos de entrar em contato.

    Se possível, me mande um e-mail!

    Obrigada!

    • Tadeu Martins 25 maio, 2010 às 8:28 pm #

      Olá Letícia, respondi a você por email.

      Eu que agradeço!

  10. Glauber 25 maio, 2010 às 5:23 pm #

    Boa a luta.

    O problema é que o Brasileiro é muito passivo, aceita tudo.
    “Corrupção? é normal.” “Falta de opções de compra? é assim mesmo.”

    O certo é reclamar e exigir o que se deseja.

    Boa sorte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: